Auxílio Brasil suspenso gera crítica da oposição Bolsonaro: 'presidente não tem alma nem coração'

Auxílio Brasil suspenso gera crítica da oposição Bolsonaro: ‘presidente não tem alma nem coração’

O líder da Minoria na Câmara, deputado Marcelo Freixo (PSB-RJ), denunciou o governo Jair Bolsonaro de tratar de forma eleitoreira o desespero dos que passam fome. A crítica foi em alusão à suspensão do Auxílio Brasil, de R$ 400, faltando apenas meia hora para o evento.

Lei a manifestação de Freixo:

1. O desgoverno Bolsonaro mais uma vez trata de forma eleitoreira o desespero dos brasileiros que estão passando fome. A suspensão do lançamento do Auxílio Brasil, faltando 30 minutos para o evento, é a prova de que o presidente não tem proposta concreta para socorrer quem mais precisa.

2. Em vez de fazer política com a miséria do povo, o desgoverno deveria fortalecer o Bolsa Família, programa que é referência mundial no combate à fome e que hoje está com uma fila de 1,2 milhão de pessoas à espera de receber o benefício. São famílias que não têm o que comer.

3. Bolsonaro não faz isso porque está mais preocupado com mesquinharias eleitoreiras do que em socorrer os milhões de brasileiros que não têm o que comer. É um presidente incompetente, desumano e cruel que só pensa no poder e em proteger os privilégios de sua própria família.

4. Enquanto 20 milhões de brasileiros passam fome e 117 milhões não conseguem comer a quantidade de comida de que necessitam, Jair gasta milhões no cartão corporativo, Flávio compra mansão, Eduardo passeia em Dubai vestido de sheik e Carlos tenta escapar da polícia.

Gleisi Hoffmann critica falta de auxílio emergencial

A presidenta nacional do PT, deputada Gleisi Hoffmann (PT-PR), disse que o governo Bolsonaro está mais perdido que cachorro em dia de mudança.

“Pagamento do auxílio emergencial tá no fim e o governo até agora não sabe o que fazer. Milhões de pessoas em desespero sem ter a certeza de como sobreviverão daqui pra frente, à espera de um alento. Não é a primeira vez que o povo é deixado a deus-dará por esse governo cruel”, fulminou a dirigente petista.

Gleisi afirmou que a situação da fome no Brasil é tão grave que alarmes antifurtos são instalados em carnes. Em outros açougues, o pedido só é entregue depois do pagamento. “Em SP, um homem foi condenado a 7 anos de prisão por roubar carne. O que Bolsonaro fez com o país, meu deus!”

Em síntese, a oposição acredita que o ‘presidente não tem alma nem coração’ e só pensa na própria família e na milícia.

Cenas de desespero por comida comove a sociedade

Nos últimos dias cenas chocaram e comoveram a sociedade brasileira. Pessoas disputando carcaças de boi, pelanca e ossos; açougues vendendo rejeitos; e moradores de Fortaleza disputam lixo em busca de comida.

Enquanto isso, na especulação, o ministro Paulo Guedes ganha dinheiro com a alta do dólar e os especuladores fazem a festa enquanto se divertem dizendo que o auxílio emergencial de R$ 400 causou “divergências” no governo e “reações negativas” no mercado.

Leia também

General Joaquim Silva e Luna, presidente da Petrobras, fugiu de manifestação no Paraná

Deu no New York Times: ‘Bomba, Bolsonaro é acusado de homicídio’

Dólar em alta bate R$ 5,60; Paulo Guedes reage: ‘aha, uhu, o BC é nosso!’