Terceira via fracassou no primeiro protesto deste domingo 12 de setembro

Terceira via fracassou no primeiro protesto deste domingo 12 de setembro

Se Curitiba é túmulo do samba, o Brasil foi hoje o cemitério da terceira via. As redes sociais avaliam que o organizador do protesto deste domingo, 12, o MBL (Movimento Brasil Livre) “derreteu”. Pode ser que sim, mas esse agrupamento tem apoio da velha mídia corporativa e entusiasma Ciro Gomes (PDT) e o governador João Doria (PSDB), ambos presentes na Avenida Paulista, em São Paulo, no “Fora Bolsonaro”.

A hashtag #DerreteMBL quebrou a internet com relatos de fracassos de manifestações em todo o País.

Como relatado no início deste texto, faltou gente para segurar as faixas na manifestação da capital paranaense. O desânimo estava estampado no semblante dos que foram às ruas, alguns de verde amarelo, outros de vermelho, e ainda apoiadores da extinta Lava Jato e do ex-juiz Sergio Moro [que Deus nos livre e guarde].

Leitores do Blog do Esmael postaram em seus perfis nas redes sociais vídeos e fotos sobre a vergonha que passaram os moços do MBL, mas, repito, eles têm apoio de um “esquemão” por detrás dessas manifestações. Eles têm potencial de mobilização de recursos financeiros, porém não conseguem hoje atingir os corações dos brasileiros.

A 3ª via é uma ficção inventada pela burguesia paulistana e pela velha mídia corporativa, que buscam um candidato para derrotar o ex-presidente Lula em 2022. Essa movimentação visa não tirar Bolsonaro, mas sim afugentar a candidatura do petista.

Ao tempo que trabalham por um nome anti-Lula e anti-PT, as manifestações do MBL e do Vem Pra Rua pensam forçar uma desistência de Lula –que seria substituído pelo ex-prefeito de São Paulo, Fernando Haddad (PT).

O PT, por sua vez, tentará dar o troco nas ruas no próximo dia 2 de outubro. A legenda de Lula e Gleisi Hoffmann, apoiada por agremiações aliadas como PSOL, colocarão força total nas manifestações. Desta vez, além de juventude, sindicatos e partidos, o Partido dos Trabalhadores vai mobilizar os rurais, os sem-tetos e desempregados. Enfim, promete sacudir a conjuntura para mudar a estrutura deste País.

Bem-vindo à verdade, ao Blog do Esmael.

Leia também

Augusto Aras é ‘o cara’ para o Supremo no acordão entre Bolsonaro, Moraes e Temer

Setembrada: Acordão afasta impeachment de Bolsonaro e abre caminho para a 3ª via

PT se distancia de manifestação da direita e convoca Fora Bolsonaro ‘vermelho’ para dia 2 de outubro