Anvisa põe Bolsonaro e comitiva que visitou NY em quarentena; veja quem ficará 14 dias em isolamento

Sem vacina, Bolsonaro vira indigente nas ruas de Nova York

O presidente Jair Bolsonaro continua fazendo vergonha para os brasileiros no exterior.

A nova é que Bolsonaro está proibido de entrar em locais fechados em Nova York, como bares e restaurantes, porque ele não tomou a vacina. Por isso o presidente e sua comitiva comem nas ruas e feiras livres.

Em Nova York é obrigatório a apresentação de carteira de vacinação para entrar em ambientes fechados.

O presidente brasileiro é um militante antivacina e ele sempre faz questão de ressaltar que não se imunizou, como prescrevem as autoridades sanitárias de todo o mundo.

Literalmente, Bolsonaro virou um indigente nas ruas de Nova York.

O presidente Jair Bolsonaro chegou à cidade americana neste domingo (19/09) para participar da Assembleia Geral das Nações Unidas (ONU). O Brasil, tradicionalmente, faz o discurso de abertura do evento.

Bolsonaro entrou pelas portas do fundo do hotel em que está hospedado para evitar uma manifestação. Um horror.

Na entrada do hotel em que o presidente está hospedado, em NY, só havia manifestantes contrários a ele. As palavras continham “Fora Bolsonaro“, “Genocida” e “Criminoso”. Não houve quem defendesse o mandatário.

Portanto, pede para sair, Bolsonaro.

Bem-vindo à verdade, ao Blog do Esmael.

Leia também

Programa Fantástico, da Globo, abre fogo contra Bolsonaro neste domingo

Google, “esse comunista”, homenageia os 100 anos de Paulo Freire

Renan Calheiros vai indiciar Bolsonaro por prevaricação no relatório final da CPI

Bolsonaro, um genocida em Nova York [vídeo]