Haddad pode ser o puxador de votos para Lula em São Paulo, diz pesquisa. Foto: Ricardo Stuckert.

Haddad pode ser o puxador de votos para Lula em São Paulo, diz pesquisa

O ex-prefeito de São Paulo, Fernando Haddad (PT), poderá ser um importante puxador de votos para a candidatura de Luiz Inácio Lula da Silva na eleição presidencial de 2022. É o que diz pesquisa do Instituto Badra.

Segundo levantamento realizada na semana passada, Haddad lidera a corrida pelo Palácio dos Bandeirantes com 20,7% das intenções de voto, seguido do ex-governador Márcio França (PSB), com 17,6%.

Fruto do entendimento nacional entre PT e PSB, França e Haddad ainda poderão compor chapa na disputa pelo governo de São Paulo.

O líder do MTST, Guilherme Boulos (PSOL), em terceiro, tem 10%, enquanto Geraldo Alckmin, de saída do PSDB, aparece com 9,8%.

Assim como França, Boulos tem ótimas relações com Haddad, Lula e PT.

O vice-governador Rodrigo Garcia (PSDB), que deve assumir o cargo no ano que vem e disputar a reeleição, tem 1,3%.

Pela amostragem do Instituto Brada, a esquerda vencerá a disputa pelo governo de São Paulo.

Leia também

Novo Código Eleitoral muda as regras para divulgação de pesquisas eleitorais; confira

Veja o que mudou com o novo Código Eleitoral aprovado pela Câmara; texto agora segue para o Senado

No Ceará, Camilo Santana, cabo eleitoral de Lula lidera disputa pelo Senado