Gleisi Hoffmann: "maior inimigo do povo brasileiro hoje é Jair Bolsonaro"

Gleisi Hoffmann: “maior inimigo do povo brasileiro hoje é Jair Bolsonaro”

A presidenta nacional do PT, deputada Gleisi Hoffmann (PT-PR), não tem dúvida alguma de que o maior inimigo do povo brasileiro na atual conjuntura é o presidente Jair Bolsonaro.

Em entrevista ao ex-governador gaúcho Tarso Genro, de Porto Alegre, a dirigente petista disse que derrotar Bolsonaro é salvar vidas e a democracia brasileira. Ela também afirmou que a eleição de Lula vai retomar a esperança do Brasil.

“O maior inimigo do povo brasileiro hoje é Jair Bolsonaro e sua pauta econômica que faz o povo sofrer: desemprego, carestia. É isso que temos de derrotar para salvar vidas e a democracia! Por isso Lula se torna a maior esperança para o Brasil”, declarou Gleisi.

A presidenta do PT ainda criticou o acordo havido entre o ministro dos bancos, Paulo Guedes, e o Congresso para endividar o próximo governo com o intuito de assegurar o superávit primário e o pagamento dos juros da dívida interna.

“Acerto de Guedes no Congresso pra fazer passar PEC dos Precatórios deixa dívida bilionária pro próximo governo”, escreveu no Twitter. “O pior é que o Bolsa Família deles tá longe de ser igual o nosso, copiado pelo mundo afora. E só lembrando que deixamos uma gorda poupança pro novo governo, não rombo!”, concluiu Gleisi Hoffmann.

Gleisi convoca manifestação de 2 de outubro

Gleisi publicou um vídeo pedindo força total na mobilização pelo Fora Bolsonaro no dia 2 de outubro.

“No dia 2 de outubro, nós temos um grande encontro nas ruas do Brasil com todos aqueles que querem dizer basta: basta de carestia, basta da alta do preço da comida, da alta do preço dos combustíveis, basta de desemprego, basta de baixa renda, basta de ataques à democracia, basta de Bolsonaro. É isso. Pelas ruas de todo o Brasil teremos atos Fora Bolsonaro, por democracia, trabalho, renda e contra a carestia”, disse a presidenta do PT.

“Contem com o Partido dos Trabalhadores na recuperação dos direitos do povo brasileiro”, finalizou Gleisi Hoffmann.

Leia também

Povo faminto toma a bolsa de valores, símbolo da picaretagem neoliberal no Brasil

Ciro Gomes patina e Globo insiste em Sergio Moro como candidato da terceira via

Caravana de Requião discute hoje às 19h30 pedágio, desenvolvimento, tarifas de água e luz

William Bonner, do Jornal Nacional, se “engasga” ao falar sobre vitória de Lula no primeiro turno