MDB adere ao Fora Bolsonaro

URGENTE: MDB vai engrossar o Fora Bolsonaro neste sábado #24J

Escanteado na reforma ministerial do presidente Jair Bolsonaro (sem partido), o MDB vai engrossar as manifestações pelo Fora Bolsonaro neste sábado (24/7), o #24JforaBolsonaro. Ao menos 200 cidades no Brasil e no exterior sairão às ruas pelo impeachment do inquilino do Palácio do Planalto.

Bolsonaro preferiu abrir as burras para o Centrão, que vai assumir formalmente o governo com a nomeação do senador Ciro Nogueira (PP-PI) como ministro-chefe da Casa Civil.

“Salvar vidas e preservar a democracia é incompatível com Jair Bolsonaro. É preciso que o presidente da Câmara dos Deputados aceite pautar o pedido de impeachment do presidente”, diz um trecho de um manifesto assinado pelo MDB, Cidadania, PCdoB, PDT, PSB, Rede e PV.

Leia também

O MDB tem 34 deputados na Câmara e, nacionalmente, é presidido pelo deputado Baleia Rossi (SP).

Na convocação da manifestação em Curitiba, cuja ato será realizado às 14h, na Praça Santos Andrade, MDB e demais partidos da “frente ampla” conclamam pelo Fora Bolsonaro e afirmam que “acima de qualquer divergência programática” o que os unem são “os princípios inalienáveis da defesa da vida e da democracia.”

Na última manifestação, #3J, o PSDB foi à Avenida Paulista, em São Paulo, pedir ‘Fora Bolsonaro, impeachment já’.

A adesão do MDB e do PSDB à impeachment indicam a gravidade do isolamento do presidente Jair Bolsonaro, que, por um fio, entregou a chave do cofre para o Centrão esta semana.