Jair Bolsonaro na mesa de cirurgia

URGENTE: BOLSONARO É TRANSFERIDO PARA CIRURGIA DE EMERGÊNCIA EM SP

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) foi transferido para cirurgia de emergência em São Paulo. Segundo um comunicado oficial do Palácio do Planalto, o médico Antônio Luiz Macedo constatou uma obstrução intestinal no mandatário.

“Após exames realizados no HFA em Brasília, o Dr. Macedo, médico responsável pelas cirurgias no abdômen do Presidente da República, decorrentes do atentado a faca ocorrido em 2018, constatou uma obstrução intestinal e resolveu levá-lo para São Paulo onde fará exames complementares para definição da necessidade, ou não, de uma cirurgia de emergência”, informou a Presidência da República.

Bolsonaro foi internado às pressas na madrugada desta quarta-feira (14/7) após sentir fortes dores no abdômen. Ele pediu pelo cirurgião Macedo, que o operou da facada em 2018, considerado seu médico de confiança. Dr. Macedo viajou para Brasília ainda na manhã de hoje. Depois de examinar o paciente, o oncologista resolveu removê-lo para SP.

Mesmo “esgualepado”, o presidente atacou pelo Twitter o PSOL e o PT –como se esses partidos tivessem alguma ligação com seu infortúnio.

“Mais um desafio, consequência da tentativa de assassinato promovida por antigo filiado ao PSOL, braço esquerdo do PT, para impedir a vitória de milhões de brasileiros que queriam mudanças para o Brasil. Um atentado cruel não só contra mim, mas contra a nossa democracia”, disse Bolsonaro.

Leia também

Nos estertores, Bolsonaro continuou seu discursou:

“Por Deus foi nos dada uma nova oportunidade. Uma oportunidade para enfim colocarmos o Brasil no caminho da prosperidade. E mesmo com todas as adversidades, inclusive uma pandemia que levou muito de nossos irmãos no Brasil e no mundo, continuamos seguindo por este caminho”, afirmou o presidente, embora a maioria da sociedade discorde dele.

Com o governo chafurdando na lama, conforme investigação na CPI da Covid, Jair Bolsonaro aponta o dedo para terceiros:

“Agradeço a todos pelo apoio e pelas orações. É isso que nos motiva a seguir em frente e enfrentar tudo que for preciso para tirar o país de vez das garras da corrupção, da inversão de valores, do crime organizado, e para garantir e proteger a liberdade do nosso povo.”

Na doença, o presidente faz um apelo para seus minguados seguires:

– Peço a cada um que está lendo essa mensagem que jamais desista das nossas cores, dos nossos valores! Temos riquezas e um povo maravilhoso que nenhum país no mundo tem. Com honestidade, com honra e com Deus no coração é possível mudar a realidade do nosso Brasil. Assim seguirei!

O presidente Jair Bolsonaro conclui seu comício pedindo a Deus que abençoe e ilumine a nação. “Brasil acima de tudo; Deus acima de todos!”, encerrou com o bordão.