requião mdb

Requião lança a chapa ‘Sempre MDB’ e vai fiscalizar possíveis traidores no partido

  • Faltam 10 dias para Requião deixar o MDB, se perder a convenção

O PSB e o PDT contam regressivamente os dias de olho na filiação de Roberto Requião, pré-candidato ao governo do Paraná, caso o filiado número do MDB seja preterido do comando do partido.

Requião registrou a chapa “Sempre MDB” e disse que quem não estiver com ele, estará contra, e o traidor vai arder no fogo do inferno.

“Como diz o velho ditado, não existe mulher meio grávida”, filosofou Requião, que, em 2022, tentará voltar pela quarta vez ao Palácio do Iguaçu –sede do executivo estadual.

“No MDB DO PR, agora está tudo claro: lançamos uma chapa, ‘Sempre MDB’ para disputar o diretório regional e lançarmos a minha candidatura ao governo do estado”, avisou o [ainda] emedebista.

Roberto Requião afirmou que tratará como ‘traidores’ os que não votarem em sua chapa [Sempre MDB] na convenção do próximo dia 31 de julho.

Assista ao vídeo

Leia também

O pré-candidato ao governo do PR destacou o advogado Joelcio kloss para anotar, na convenção, nome de possíveis traíras.

“Quem não estiver conosco estará contra nós. Simples assim”, reforçou pelo Twitter.

Se Requião perder a convenção no dia 31, ele já antecipou, deixará a legenda para concorrer o partido ou pelo PSB ou pelo PDT.

Faltam 10 dias para a data fatal, portanto.

Nesse cenário, sem Requião, o MDB tenderá apoiar a reeleição do governador Ratinho Junior (PSD) e subir no palanque o presidente Jair Bolsonaro.

Bolsonaro e Ratinho, aliados de pandemia, querem fugir de Requião como o diabo foge da cruz. Por isso eles articulam para tirar o MDB do ex-governador. No entanto, o ainda emedebista assusta a dupla infernal: ‘Eu vou pegar vocês! Uh!’