Requião: 'Eles não têm o MDB no coração porque eles querem aderir ao Rato'

Requião: ‘Eles não têm o MDB no coração porque eles querem aderir ao Rato’

A menos de 24 horas para a convenção estadual, Roberto Requião disse nesta sexta-feira (31/7) que os adversários dele no MDB ‘não têm o partido no coração’ e a prova disso seria a adesão ao governador Ratinho Junior (PSD).

‘Eles não têm o MDB no coração porque eles querem aderir ao Rato’, declarou Requião ao repórter Gilmar Ferreira, de O Diário de Maringá.

Roberto Requião é representante da chapa 1, batizada “Sempre MDB”, e concorre com a chapa 2, “MDB de Todos”, que, segundo o ex-governador, reúne uma ala do partido que tem demonstrado interesse apenas em apoiar o atual governador Ratinho Junior.

Requião assegurou no podcast [áudio] que não vai disputar por vaidade o governo do Paraná, em 2022, mas por responsabilidade. “Eu me proponho a reconstruir o estado do Paraná destruído pelo Rato”, disse.

Perguntado se deixaria o MDB, se perder a convenção, Requião repetiu que partido é uma ferramenta de participação política. “Estou fazendo um teste. Precisamos saber se existe o velho MDB de guerra, ou o das negociatas”, afirmou.

Leia também

Caso perca a disputa, Requião, que é o filiado número 1 do MDB do Paraná e fundador do partido no Estado, deve anunciar sua mudança de sigla “para disputar e ganhar do Rato a eleição de 2022”.

“Estou confiante”, declarou Requião, que, na quinta-feira (29/7), previu vitória com 97% dos votos dos convencionais.

“Tenho certeza que nossos ideais serão preservados. Vamos juntos reerguer nossas bandeiras históricas! Vamos juntos montar diretórios e lançar nomes fortes e viáveis para o Legislativo Estadual e Federal. Vamos juntos dar espaço ao protagonismo feminino na política, dando voz às mulheres, apoiando candidatas fortes e com condições de vitória. Não se constrói um partido em cima de mágoas, mas em cima de ideias fortes e que reverberem a voz da sua base. Quero ajudar o MDB a ter voz e relevância, mais uma vez”.

A convenção do MDB do Paraná será realizada neste sábado, 31 de julho, das 9h às 13h. A votação se dará de forma híbrida para os delegados que já se cadastraram para o modo virtual, ou aos que assim desejarem, estarão presencialmente na Sala de Eventos Graciosa, do Hotel Aladdin, no centro de Curitiba. No entanto, será feito acompanhamento no local para não haver aglomerações.

Segundo a comissão de organização, estão aptos a votar 310 convencionais.