Bolsonaro promove nova 'motofiasco' em Presidente Prudente (SP)

Bolsonaro promove nova ‘motofiasco’ em Presidente Prudente (SP)

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) já não faz mais sucesso como antigamente, apesar do maior dispêndio de energia e recursos [públicos, é claro]. A ‘motofiasco‘ do mandatário na cidade de Presidente Prudente, interior de São Paulo, reuniu pouco mais de 300 motociclistas neste sábado (31/7).

Além dos participantes com suas lambretas, o encontro ainda reuniu os ministros Marcelo Queiroga (Saúde) e Tarcísio de Freitas (Infraestrutra), o presidente da Caixa Econômica, Pedro Guimarães, e a deputada Carla Zambelli (PSL-SP).

Leia também

Bolsonaro ignorou apelos de líderes e dirigentes de partidos do Centrão, que dão sustentação ao seu governo, e voltou a atacar o sistema eleitoral durante a quinta manifestação –a motofiasco.

O presidente ameaçou novamente não realizar as eleições, que, segundo ele, serão uma “farsa” em 2022.

“Queremos eleições, votar, mas não aceitaremos uma farsa como querem nos impor. O soldado que vai à guerra e tem medo de morrer é um covarde. Jamais temerei alguns homens aqui no Brasil que querem impor sua vontade”, discursou Bolsonaro, em tom de ameaça.

Em vídeos publicados por apoiadores, mostram o presidente de capacete e sem máscara. Após o ato, Bolsonaro deve visitar um hospital da cidade que será credenciado ao Sistema Único de Saúde (SUS).