Jair Bolsonaro submetido à cirurgia

Bolsonaro foi intubado em São Paulo com piora e será submetido à cirurgia de emergência

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) precisou ser intubado após piora em seu estado clínico. Ele está na UTI (Unidade de Terapia Intensiva) do Hospital Vila Nova Star, onde atende o cirurgião gástrico Antonio Luiz Macedo.

Em entrevista à rádio Jovem Pan, o senador Flávio Bolsonaro (Patriota-RJ) minimizou dizendo que seu pai precisou ser intubado como precaução.

O “Zero Um” adiantou que amanhã seguirá ao lado da família para São Paulo, com o objetivo de acompanhar mais de perto a recuperação do pai e “dar um pouquinho mais de força”.

Flávio Bolsonaro relatou que no início da manhã o presidente Bolsonaro estava sem conseguir respirar e está sendo monitorado para evitar que ele aspire o líquido que estava subindo do estômago.

Leia também

“Foi realmente para uma Unidade de Tratamento Intensiva, para ficar ali em observação, com os cuidados melhores. Chegou a ser intubado, sim, para evitar que ele bronco aspirasse o líquido que tava vindo do seu estômago. Isso já havia acontecido em uma das cirurgias passadas que ele fez. Por precaução, apenas, nada de grave”, disse o parlamentar.

O presidente Jair Bolsonaro, nervoso, teve uma crise de soluços no último dia 3 de julho após manifestações que pediam seu impeachment. O desconforto aumentou e já durava 11 dias, antes de ser internado na madrugada de hoje em Brasília.

“Estava com muito soluço, não estava conseguindo dormir bem, muita apneia. Ficou em observação, fez alguns exames, tava tudo bem. Voltou para casa no domingo, fizemos até um almoço para recebê-lo”, afirmou o Zero Um.