fora bolsonaro #29m

Vem aí novas manifestações no dia 19 de junho pelo Fora Bolsonaro

Os movimentos progressistas e partidos de esquerda estão planejando voltar às ruas no próximo dia 19 de junho (#19Jun), Dia dos Namorados, em nova manifestação pelo impeachment e Fora Bolsonaro.

Os protestos contra o presidente Jair Bolsonaro, pelo auxílio emergencial de R$ 600 e vacina contra Covid-19 para todos, levaram milhares de pessoas às ruas do país no último #29M (29 de maio).

Segundo a organização do Fora Bolsonaro, mais de 420 mil pessoas foram às ruas pelo impeachment, vacinas e auxílio emergencial de R$ 600. Só em São Paulo, 100 mil pessoas foram à Avenida Paulista no #29M.

A expectativa é de que #19Jun seja maior ainda que #29M, pois, avaliam os organizadores, as lideranças das entidades ainda estavam divididas e receiosas sobre o retorno ao asfalto por causa da pandemia.

Leia também

Crítico do “fique em casa” da esquerda, Rui Pimenta, presidente do Partido da Causa Operária (PCO), avalia que é possível fazer gigantescas mobilizações e derrubar Bolsonaro. Segundo ele, os partidos de esquerda e organizações populares precisam levar a frente um programa de luta e uma série de mobilizações.

“As mobilizações do dia 29 de maio tornaram-se um grande exemplo de que não apenas é possível lutar na pandemia, como também que a população brasileira está disposta a realizar gigantescos atos de rua e efetivamente derrubar Bolsonaro e todos os golpistas”, disse Pimenta.

A presidenta nacional do PT, deputada Gleisi Hoffmann (PR), disse que o povo não aguenta mais o governo genocida de Jair Bolsonaro. Ela defende novas manifestações para derrubar o presidente da República. Ela destaco que todo mundo usou máscara na última manifestação para “vencer esse tormento” do Bolsonaro e se solidarizar com o povo que enfrenta todos os dias o vírus para sobreviver. “Nas ruas, redes, todos certos em gritar Fora Bolsonaro”, concordou a dirigente petista.

Atualizada às 13h42 de 02/06/2021.