carluxo hacker

Veja quem já deu depoimento na CPI da Covid e veja os próximos a depor

  • CPI estuda convocar o virologista Paolo Zanoto, o deputado Osmar Terra (MDB-RS) e o vereador Carlos Bolsonaro

A CPI da Covid foi instalada no Senado em 27 de abril. Seu objetivo é investigar as ações e omissões do governo federal no enfrentamento à emergência pública de saúde causada pela pandemia de coronavírus. A comissão também vai examinar a aplicação de verbas federais repassadas a governos estaduais e prefeituras. Uma de suas tarefas é ouvir testemunhas para reunir informações que vão embasar seu relatório final.

Veja quem já deu depoimento:

  • Luana Araújo, médica, em 2 de junho
  • Nise Yamaguchi, médica, 1º de junho
  • Dimas Covas, Instituto Butantan, 27 de maio
  • Mayara Pinheiro, secretária do Ministério a Saúde, 25 de maio
  • Eduardo Pazuello, ex-ministro da Saúde, 20 de maio
  • Eduardo Pazuello, ex-ministro da Saúde, 19 de maio
  • Ernesto Araújo, ex-chanceler, 18 de maio
  • Carlos Murillo, presidente d Pfizer na América Latina, 13 de maio
  • Fábio Wajngarten, ex-Secretário da Comunicação da Presidência da República, 12 de maio
  • Antonio Barra Torres, presidente da Anvisa, 11 de maio
  • Marcelo Queiroga, ministro da Saúde, 6 de maio
  • Nelson Teich, ex-ministro da Saúde, 5 de maio
  • Luiz Henrique Mandetta, ex-ministro da Saúde, 4 de maio

Leia também

O próximo a depor é o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, que voltará à comissão de inquérito na terça-feira, dia 8 de junho.

Por conta da comprovação do “ministério paralelo” da Saúde, a CPI estuda convocar o virologista Paolo Zanoto, o deputado Osmar Terra (MDB-RS) e o vereador Carlos Bolsonaro (Republicanos-RJ), o Carluxo, filho do presidente Jair Bolsonaro.