bolsonaro silvio santos fabio faria

SBT, de Silvio Santos, tem o direito de transmissão da Copa América

  • O “Homem do Baú”, Silvio Santos, é sogro do deputado Fábio Faria (PSD-RN), ministro das Comunicações no governo Bolsonaro

O presidente Jair Bolsonaro sinalizou que irá apoiar a realização da Copa América no Brasil, entre 13 de junho a 10 de julho.

As manchetes dos jornais desta terça-feira, 1º de Junho, convergem para a nova manobra diversionista de Bolsonaro: colocar o Brasil como sede da Copa América, após a Argentina se recusar a receber a competição por causa da pandemia.

A Colômbia vive uma convulsão social por causa do radicalismo do projeto neoliberal do presidente Ivan Duque, que reprime diariamente as manifestações contra seu governo.

Já Alberto Fernández, da Argentina, rejeitou a Copa América porque o país acredita ser mais importante lutar contra o vírus neste momento.

A vinda a Copa América para o Brasil repercutiu negativamente na imprensa estrangeira. Jornais influentes, como o Financial Times, reportaram a conveniência de ceder estádios de futebol numa nação em que o vírus da Covid-19 está acelerando e tornando a pandemia mais letal e perigosa.

Leia também

À margem dessa discussão sanitária, poucas pessoas sabem que o SBT –a emissora de Silvio Santos– tem os direitos de transmissão da Copa América 2021 com exclusividade para a TV aberta.

O “Homem do Baú”, Silvio Santos, é sogro do deputado Fábio Faria (PSD-RN), ministro das Comunicações no governo Bolsonaro.

A Globo reage à realização da Copa América porque o direito de transmissão do SBT, ou seja, a emissora dos Marinho tem bastante dor de cotovelo.

Há uma “guerra de futuro” nesse campeonato.

Nunca é demais lembrar que a TV Globo tem defendido as aulas presenciais nos estados e municípios, na constância da pandemia, e torce o nariz para o auxílio emergencial de R$ 600, que poderia efetivamente garantir algum distanciamento social.

No essencial, a velha mídia corporativa blinda o ministro da Economia, Paulo Guedes, e, consequentemente, passa o pano para Bolsonaro.