Ratinho Junior e PP posam para foto

Ratinho Junior apagou das redes sociais fotos ao lado de Ricardo Barros após escândalo da vacina

O governador do Paraná, Ratinho Junior (PSD), após o escândalo das vacinas, apagou as fotos com o líder do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) na Câmara.

O diligente governador paranaense removeu fotos que havia tirado com o deputado Ricardo Barros (PP-PR) e sua esposa, Cida Borghetti, nomeada recentemente como conselheira da Itaipu.

No começo deste mês, Ratinho chamou em Palácio do Iguaçu –sede do governo do Paraná– “Leitão Vesgo”, apelido de Barros, para negociar espaços no governo e nas eleições de 2022.

Segundo os bastidores no Centro Cívico, a promessa do governador do Paraná seria nomear a esposa do líder de Bolsonaro, Cida, para a próxima vaga vitalícia como conselheira no Tribunal de Contas do Estado (TCE).

Leia também

Além do TCE, a vice na chapa de Ratinho Junior estaria assegurada para o PP, partido de Ricardo Barros, nas eleições de 2022.

Se o governador Ratinho Junior apagou as fotos em suas redes sociais, que vinculava sua imagem a de Barros, isso pode significar que “o gato subiu no telhado” de Ricardo Barros. Ou não?

“O apresentador Luciano Huck, da Globo, anda fazendo escola no Paraná. À primeira dificuldade do aliado, o governador Ratinho Junior removeu o aliado. Que feio”, disse o deputado Arilson Chiorato, presidente estadual do PT.

Pode ser um mau presságio para Ricardo Barros, que pode ver o governador roendo o acordo.