guilherme boulos na avenida paulista

Em resposta ao PT, Boulos retuita pesquisa em que ele lidera corrida pelo governo de SP

O líder do MTST, Guilherme Boulos, pré-candidato do PSOL ao governo de São Paulo, respondeu suposto acordo proposto pelo PT com o retuíte de uma pesquisa em que ele lidera a corrida pelo governo de São Paulo.

Segundo a Paraná Pesquisas, Boulos tem 17% das intenções de voto enquanto Márcio França (PSB) tem 15% e João Doria (PSDB), 13%.

De acordo com luas-pretas do PT, foi realizada uma “sondagem” informal sobre um acordo político com Guilherme Boulos em 2022.

Leia também

A bruxaria consistiria na desistência de Boulos da disputa pelo governo de SP. O líder do MTST buscaria a Câmara e sairia como o mais votado do país. Em troca, em 2024, Boulos teria o apoio do PT para concorrer à Prefeitura de São Paulo.

Os alquimistas petistas dizem que a desistência de Boulos, em 2022, seria para promover a candidatura do ex-prefeito Fernando Haddad (PT) ao Palácio dos Bandeirantes –sede do governo de SP.

Em um dos cenários com “todo mundo”, Haddad aparece com 8,5% das intenções de voto. Por isso Boulos respondeu com o retuíte: “Boulos tem 17% contra 15% de França e 13% de Doria.”