ratinho junior e ricardo barros

Eleições 2022: Ratinho Junior pede ‘reunião de emergência’ com Ricardo Barros

O governador Ratinho Junior (PSD) se reunirá na segunda-feira, dia 7 de junho, com o líder do governo Bolsonaro na Câmara, deputado Ricardo Barros (PP-PR), para discutir as eleições 2022 no Paraná.

Segundo o ‘Garganta Profunda das Araucárias’, informante do Blog do Esmael no Palácio Iguaçu, o encontro entre Ratinho e Barros será entre 10h e 12, às portas fechadas.

A ‘reunião de emergência’ foi solicitada pelo governador Ratinho, que vê a oposição se movimentar, e seu grupo esfacelar-se.

O lançamento da pré-candidatura da ex-governadora Cida Borghetti (PP), mulher de Barros, em 2022, assustou o atual inquilino do Palácio Iguaçu.

Ratinho Junior irá convidar Cida para ser sua vice, embora o governador tenha preferência pelo prefeito de Londrina, Marcelo Belinati (PP).

Leia também

Ricardo Barros, conhecido como “Leitão Vesgo” nos bastidores da política no Paraná, por mamar numa teta de olho noutra, disse a correligionários que “tem cheiro de enxofre” esse prematuro convite de Ratinho.

A tendência é que o líder de Bolsonaro diga ‘não’ ao extemporâneo convite, segundo o Garganta Profunda das Araucárias, que circula nas duas alas.

Ou seja, Cida Borghetti não será rifada pelo marido nesta segunda-feira. Ela continuará candidatíssima ao governo do Paraná, pois, segundo o informante, pesquisa encomendada por Ricardo Barros mostra empate técnico entre Ratinho e Roberto Requião (MDB). Cida pretende se viabilizar como terceira via oferecendo palanque para o presidente Jair Bolsonaro, que não terá o PSD de Ratinho.

O PSD nacional, por meio de Gilberto Kassab, já informou às seções regionais que o partido marchará com Lula e o PT nas eleições presidenciais de 2022. A agremiação também adiantou que não aceitará defecções, palanques duplos, porque o PSD quer participar de um eventual governo petista.