eduardo pazuello farda

Pazuello cogita usar ‘cueca de lata’ por baixo da farda no depoimento da CPI da Covid

  • Sugere-se ainda que o militar fique com a parte “Sul do Equador” virada para a parede

O ex-ministro da Saúde, general Eduardo Pazuello, por baixo da farda, nesta quarta-feira (19/5), cogita usar também uma ‘cueca de lata’ durante seu depoimento na CPI da Covid no Senado. A sessão será transmitida pelo Blog do Esmael a partir das 9h.

Pazuello irá depor amanhã amparado de uma armadura de lata, por baixo da farda, e um habeas corpus, que lhe garante o direito de permanecer em silêncio para não se incriminar e não ser esculhambado pelos senadores da comissão de inquérito.

Segundo a revista Veja, o ex-ministro da Saúde planeja vestir o fardamento do Exército Brasileiro durante seu depoimento na CPI da Covid. O objetivo, segundo a publicação da Abril, é intimidar os parlamentares da CPI da Covid.

Os membros da comissão de inquérito, no entanto, pediram ao Exército que proíba Pazuello de comparecer fardado no depoimento.

Quanto à ‘cueca de lata’ as Forças Armadas não têm muito que falar, pois se trata de uma questão de “foro íntimo” –haja vista a quantidade de bolsonaristas querendo ferrar o ex-ministro da Saúde.

Leia também

Nesta terça-feira (18/5), por exemplo, o ex-chanceler Ernesto Araújo responsabilizou o Ministério da Saúde na totalidade das ações e da omissões na pandemia, qual seja, a gestão do general Pazuello.

Pazuello, no início do mês, conseguiu adiar sua presença na CPI porque sentira cheiro de enxofre no ar. Foi à luta por um HC e conseguiu.

O Palácio do Planalto tende atirá-lo aos leões, como disse o senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP). “Pazuello está sendo entregue aos leões como o bode expiatório”, analisou o vice-presidente da comissão de inquérito.

O general Eduardo Pazuello não quer ser bode expiatório para ser atirado as leões, por isso, se presume, ele vai à CPI da Covid usando uma ‘cueca de lata’ por baixo da farda militar.

Nesse caso, o ex-ministro da Saúde tem razão. Todo cuidado é pouco. Sugere-se ainda que ele fique com a parte “Sul do Equador” virada para a parede.