marechal candido rondon

Novo surto de covid fecha mais escola no Paraná

  • Os municípios de Guarapuava e União da Vitória decretaram lockdown para conter a doença

A Prefeitura de Marechal Cândido Rondon, a 578 km de Curitiba, no Oeste do Paraná, anunciou que fechou mais uma escola devido a um surto de covid na cidade.

Na semana passada, o município já havia determinado o fechamento da Escola Municipal Waldomiro Liesem, após sete educadores testaram positivo para o novo coronavírus: seis professores e uma zeladora, que faz a merenda dos alunos.

Nesta semana, o CMEI Pequeno Polegar foi fechado porque houve a confirmação de cinco casos positivos de Covid-19 entre professores do estabelecimento.

O contágio de professores e funcionários de escolas no Paraná, por meio das aulas presenciais, está deixando “alucinada” a APP-Sindicato –entidade representativa de mais de 120 mil trabalhadores da educação.

Os educadores estão recolhendo as fichas de saúde dos contaminados para responsabilizar administrativa, civil e criminalmente o governador Ratinho Junior (PSDB) e o secretário da Educação, o empresário Renato Feder.

Leia também

Dois municípios do Paraná –Guarapuava e União da Vitória– decretaram lockdown diante do avanço da doença, contrariando o governo do estado.

A seguir, leia a íntegra da nota da Prefeitura de Marechal Cândido Rondon:

O CMEI Pequeno Polegar, localizado no bairro Botafogo, em Marechal Rondon, teve o seu fechamento temporário por dez dias decretado nesta segunda-feira (17). A decisão foi motivada pela confirmação de cinco casos positivos de Covid-19 entre professores do estabelecimento.

Mais uma vez, a decisão levou em consideração a nota orientativa 03/2021, da Secretaria de Estado da Saúde (SESA). Após a análise dos casos, concluiu-se que houve ocorrência de confirmações de Covid-19 com vínculo epidemiológico da escola, ou seja, transmissão intraescolar.

Já nesta segunda-feira, as atividades presenciais no educandário estiveram suspensas e assim continuarão até o dia 25 de maio. A volta da normalidade das aulas ocorrerá no dia 26.