lula sarney paulinho da forca

Lula e a arte de ciscar para dentro. Ex-presidente esteve com Sarney e Paulinho da Força

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) se reuniu, ao longo desta semana, com lideranças suprapartidárias objetivando um arco de alianças que sustente sua candidatura em 2022. Em Brasília, petista manteve uma campanha de “A a Zico”, isto é, com personagens de todas as colorações a exemplo do ex-presidente José Sarney e o deputado Paulinho da Força (Solidariedade-SP).

A agenda mais emblemática foi com Sarney, que, após o encontro com Lula, deixou divulgar a foto –tratamento não dispensado ao presidente Jair Bolsonaro, que também esteve com o emedebista há uma semana.

O périplo de Lula pelo DF também redeu longa conversa com Gilberto Kassab, presidente nacional do PSD, e a senadora Kátia Abreu (PP-TO).

Em um rápido balanço, o ex-presidente Lula ciscou para dentro os seguintes partidos: PSD, MDB, PP, REDE, PDT, DEM, PL, PSB, Solidariedade e PSOL.

  • Gilberto Kassab (presidente nacional do PSD)
  • José Sarney (ícone do MDB)
  • Fabiano Contarato (Rede-ES)
  • Kátia Abreu (PP-TO)
  • Jader Barbalho (MDB-PA)
  • Weverton Rocha (PDT-MA)
  • Rodrigo Maia (DEM-RJ)
  • Marcelo Ramos (PL-AM)
  • Alessandro Molon (PSB-RJ)
  • Paulinho da Força (Solidariedade-SP)
  • Marcelo Freixo (PSOL-RJ)
  • Ex-senador Eunício Oliveira (MDB-CE)

Sobre o encontro de Lula com Sarney, a presidenta nacional do PT, deputada Gleisi Hoffmann (PR), explicou que já estava pensada há muito tempo porque Sarney sempre foi solidário com o ex-presidente durante todo que ele lutou para denunciar a perseguição política de Sergio Moro na Lava Jato.

Além do mundo político, embaixadores e representações diplomáticas também se reuniram com o ex-presidente Lula ao longo da semana. A saber: África do Sul, Grécia, Argentina, Cuba, Venezuela, Reino Unido e Alemanha.