freixo lula

Freixo e Requião, Rio e Paraná, entram no radar do ex-presidente Lula

O ex-presidente Lula aproveitou sua estada em Brasília, no início desta semana, para ser reunir com o deputado Marcelo Freixo (PSOL-RJ) para discutir uma frente ampla visando a disputa pelo governo do Rio e Janeiro. O encontro entre o petista e o [ainda] psolista ocorreu no começo da noite desta segunda-feira (3/5).

Nesta terça (4/5), Lula permanecerá no DF. Ele também deverá se encontrar com o líder do PSB, Alessandro Molon (RJ), que almeja concorrer ao Senado em 2022 por essa frente ampla em construção, cujo patamar inicial tem PT, PSOL, PSB, PDT e PCdoB. Esse entendimento também envolveria o prefeito do Rio, Eduardo Paes (DEM), e o ex-presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM).

Entre agendas públicas e secretas, em Brasília, o ex-presidente Lula terá um espaço reservado para a bancada federal do PT do Paraná. Os deputados Enio Verri e Gleisi Hoffmann, presidenta nacional do partido, articulam a volta de Roberto Requião (MDB) ao governo do Paraná.

Leia também

Os petistas deverão realizar nas próximas horas uma chamada de videoconferência entre Lula e Requião, que está em Curitiba, para discutir o projeto eleitoral de 2022.

Requião é a única chance de Lula ultrapassar os dois dígitos nas eleições presidenciais do ano que vem, pois o emedebista é quem [do campo progressista] melhor se posiciona nas pesquisas e por isso o ex-senador pode oferecer ao ex-presidente o melhor palanque no Paraná –salvo mudança de última hora.