dino bolsonaro

Flávio Dino ironiza ataques de Bolsonaro à China: ‘Trump perdeu a eleição nos EUA’

  • O presidente atacava a China antes para agradar Trump com a diplomacia do “I love you”, diz Dino

O governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), ironizou nesta quinta (6/5) os constantes ataques do presidente Jair Bolsonaro à China –principal fabricante de insumos e vacinas contra a covid no mundo.

Qual a lógica do presidente do Brasil atacar a nação chinesa reiteradamente, como fez ontem de modo vil? Antes era para agradar Trump, com a diplomacia do “I love you”. Será que ele já sabe que Trump perdeu a eleição nos Estados Unidos e que tal eleição não será anulada ?

O presidente insinuou ontem (5/5) que a China pode ter criado o novo coronavírus em laboratório como arma para uma “guerra química” no mundo.

“É um vírus novo, ninguém sabe se nasceu em laboratório ou se nasceu por algum ser humano ingerir um animal inadequado. Mas está aí. Os militares sabem o que é guerra química, bacteriológica e radiológica. Será que não estamos enfrentando uma nova guerra? Qual o país que mais cresceu o seu PIB? Não vou dizer para vocês”, havia dito Bolsonaro, que, mais tarde negou que estivesse se referindo à China.

Leia também

“Eu não falei a palavra China. Eu falei a palavra China hoje de manhã? Eu não falei. Eu sei o que é guerra bacteriológica, guerra química, guerra nuclear. Eu sei porque tenho a formação. Só falei isso, mais nada. Agora ninguém fala, vocês da imprensa não falam onde nasceu o vírus. Falem. Ou estão temendo alguma coisa? Falem. A palavra China não estava no meu discurso de quase 30 minutos de hoje”, escusou-se o mandatário.

Mas aí o estrago já estava feito.

A presidenta nacional do PT, Gleisi Hoffmann (PR), afirmou que Bolsonaro dirige temerariamente o Brasil e que coloco em risco vidas de brasileiros.

“O que Bolsonaro pretende com esse novo ataque à China? Colocar em risco o fornecimento pro Brasil dos insumos chineses para produção de vacinas? Estamos perigando ficar sem por causa de Bolsonaro. Ele não ajuda e ainda atrapalha. Arthur Lira, não feche os olhos para isso!”, recomendou a dirigente petista.

A Organização Mundial de Saúde (OMS) afirmou em março que o vírus provavelmente teve origem a partir do contágio direto de um animal para humanos, portanto, atribuir a covid a uma produção de laboratório pela China é mais uma fake news do presidente Jair Bolsonaro.