Renan Filho

‘Bolsonaro veio trazer covid para Alagoas’, diz governador Renan Filho

  • “Espero que o contágio não se agrave entre a população”, torce governador

O governador de Alagoas, Renan Filho (MDB), disse nesta quinta-feira (13/5) que o presidente Jair Bolsonaro dá mau exemplo ao país e que o mandatário foi ao estado levar a covid.

Para o governador alagoano, os ataques de Bolsonaro a seu pai, senador Renan Calheiros (MDB-AL), foi despropositada e “fora dos parâmetros aceitáveis para um presidente da República”.

Bolsonaro repetiu hoje a fala de seu filho, o senador Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ), que, ontem, xingou Renan de “vagabundo” na CPI da Covid.

O presidente disse que o que acontece na CPI ‘é um crime’ e se referiu a Renan como ‘vagabundo inquirindo pessoas de bem’.

Leia também

“Foi mais do mesmo negacionismo de sempre. Ele afeta o estado como já afetou o Brasil. O país tem péssimos resultados no combate à pandemia. Nós estamos fazendo um bom trabalho em Alagoas, mas ele veio aqui para piorar os nossos índices. Espero que o contágio não se agrave entre a população. Foi um péssimo exemplo”, declarou à Veja o governador Renan Filho.

O governador pediu ainda que a CPI faça uma investigação completa para que ela possa responsabilizar aqueles que “se aliaram ao vírus” ao impedirem a compra de vacinas ou ao incentivarem as pessoas a não utilizarem máscaras e a fazerem tratamentos precoces fantasiosos.

“Bolsonaro veio a Alagoas fazer um contraponto à CPI da Covid-19. Foi um contraponto mal educado, despropositado e fora dos parâmetros aceitáveis para um presidente da República”, disse Renan Filho.

O senador Renan Calheiros, pai do governador, em vídeo, disse que Bolsonaro foi ao estado “usando avião presidencial” para atacá-lo e inaugurar obra já inaugurada.