Deputado Ricardo Barros

Ricardo Barros alvo de protesto de professores em Maringá (PR)

O deputado Ricardo Barros (PP-PR), líder do governo Bolsonaro na Câmara, será alvo de protesto de professores nesta sexta-feira (23/4) em Maringá, Noroeste do Paraná, base eleitoral do parlamentar.

Professores e funcionários de escolas públicas realizarão ato em frente ao escritório político de Barros.

Os educadores ficaram revoltados com a afirmação do líder governista segundo qual “professores não querem trabalhar” durante a pandemia.

Leia também

Nesta semana, a Câmara aprovou em sessão virtual a educação como “serviço essencial” e isso implica em duas questões:

1. o constitucional direito de greve fica violado; e

2. os educadores serão empurrados ao “matadouro”, às salas de aula, sem a vacinação em massa.

Para a APP-Sindicato, que organiza o protesto, a declaração de Ricardo Barros gerou revolta na categoria de todo o país porque “há mais de um ano [a educação] se desdobra para realizar o trabalho remoto e garantir ensino aos estudantes”.

Nesta sexta, em Maringá, a APP planejou uma aula pública com o objetivo de mostrar ao deputado o trabalho realizado pelos profissionais da educação do Paraná e do Brasil.

Serviço:

Aula Pública
23 de abril – 11h
Em frente ao escritório político de Ricardo Barros – Avenida Prudente de Morais, 740 – Centro – Maringá