moro detan cadeia renan calheiros

Renan Calheiros quer colocar Sergio Moro e Deltan Dallagnol na cadeia

O senador Renan Calheiros (MDB-AL), ao obter acesso às mensagens da Operação Spoofing, deu mais um passo em seu ambicioso projeto: prender o ex-juiz Sergio Moro e o procurador Deltan Dallagnol, ex-coordenador da força-tarefa Lava Jato.

Nesta semana, o ministro Ricardo Lewandowski, do Supremo Tribunal Federal, autorizou que o parlamentar emedebista tenha acesso às conversas entre procuradores de Curitiba e o ex-juiz Sergio Moro que foram hackeadas por Walter Delgatti Neto.

No começo deste ano, Lewandowski havia autorizado o compartilhamento dos diálogos hackeados com a defesa do ex-presidente Lula.

Leia também

Desde que vieram a público as conversas entre Moro e Deltan, no âmbito da Lava Jato, Renan Calheiros tem sido militante no pedido de prisão de ambos.

No início de fevereiro, por exemplo, o senador disse que cabia prisão preventiva para o ex-juiz Sergio Moro e o procurador Deltan Dallagnol acerca das transgressões da força-tarefa.

Na época, Renan comentara que a força-tarefa da Lava Jato fazia uma farra com dinheiro público da partir da capital paranaense.

“Foram R$ 7,5 mi em diárias, R$ 3 mi pra 5 procuradores. Crimes dolosos. Cabe preventiva para o bando”, recomendou Renan Calheiros.

Pois bem, é com esse ânimo que Renan Calheiros obteve acesso às mensagens da Spoofing.