“Mamata Connection” tem contrato de R$ 8 milhões com governo João Doria

O programa Manhattan Connection, ligado ao “Antagonista” Diogo Mainardi, celebrou um contrato de R$ 8 milhões com o governo João Doria (PSDB), de São Paulo, na TV Cultura.

Nas redes sociais, internautas batizaram o televisivo de Mamata Connection e levantaram a hashtag #MamataConnection.

O milionário contrato entre Doria e o Mamata se deu via a Fundação Padre Anchieta, a mantenedora da TV Cultura.

Interessante nisso tudo que o site O Antagonista, de Diogo Mainardi, se esmera em atacar sites que não seja o seu –sobretudo os bolsonaristas, que recebem verbas do governo federal.

Aliás, os bolsonaristas, aproveitaram a polêmica para chamara a página de extrema direita de AntagoLixo –até porque ambos entendem de esgoto.

A torcida do presidente Jair Bolsonaro, contrária a Doria, afirma que o Antagonista é o próprio gabinete do ódio vitaminado por R$ 8 milhões dos contribuintes paulistas.

“Acuse-os do que você faz, chame-os do que você é”, repete a rede bolsonarista, ao se referir ao jornalista Diogo Mainardi e ao “Mamata Connection”.

Os internautas ligados ao mandatário, inclusive, pedem a instalação de uma CPI na Assembleia Legislativa de São Paulo (ALESP).

Sobre o contrato de R$ 8 milhões

O programa Manhattan Connection celebrou um contrato no valor de R$ 8.065.000, por cinco anos, com Fundação Padre Anchieta, do governo de São Paulo.

A atração televisiva foi extinta do canal a cabo GloboNews, que o exibiu entre 2011 e 2020.