Lula SUS

Lula diz ao PSB que pandemia é mais importante que frente eleitoral

  • Lula admitiu ampliar alianças para além da esquerda visando disputar as eleições presidenciais de 2022

O presidente nacional do PSB, Carlos Siqueira, relatou que se reuniu virtualmente com o ex-presidente Lula e o PT nesta terça-feira (6/4).

Segundo o dirigente socialista, as duas cúpulas partidárias chegaram ao consenso de que a pandemia é o tema capital e o momento exige o debate dos problemas reais da população brasileira, quando os políticos têm que estar à altura da situação dramática.

Além de Lula e Siqueira, o encontra ainda contou com as participações da deputada Gleisi Hoffmann, presidenta nacional do PT, do governador Renato Casagrande (PSB-ES), do ex-governador de São Paulo, Márcio França (PSB-SP), e do deputado Paulo Teixeira (PT-SP).

Leia também

De acordo com relatos dos membros do PSB, Lula admitiu ampliar alianças para além da esquerda visando disputar as eleições presidenciais de 2022.

O ex-presidente Lula disse aos líderes socialistas que sua candidatura à presidência não é indiscutível, que a construção de uma aliança em 2022 passará pelo diálogo para além da esquerda. O petista recordou do empresário José Alencar, que foi seu vice. E assim agradou os representantes do PSB.

Depois de falar com o PSB, os dirigentes do PT continuarão o périplo político-eleitoral. PDT, PSOL, PCdoB, Rede, PSD e MDB estão no radar de Lula.

Resumo da ópera: Lula pôs na cabeça que vai se eleger presidente em 2022.