paulo guedes

Gleisi sobre ataque de Guedes à China: capataz, incompetente e maldoso

A presidenta nacional do PT, deputada Gleisi Hoffmann (PR), reagiu aos ataques do ministro da Economia, Paulo Guedes, à China em meio à pandemia.

Segundo o ministro, o “Posto Ipiranga” do presidente Jair Bolsonaro, os chineses “inventaram” o coronavírus e que a vacina do país para impedir o avanço da doença é “menos efetiva” do que o imunizante da Pfizer, dos Estados Unidos.

“O chinês inventou o vírus, e a vacina dele é menos efetiva do que a americana. O americano tem 100 anos de investimento em pesquisa. Então, os caras falam: ‘Qual é o vírus? É esse? Tá bom, decodifica’. Tá aqui a vacina da Pfizer. É melhor do que as outras”, afirmou Guedes na reunião do Conselho de Saúde Suplementar na manhã desta terça-feira (27/4).

Segundo Gleisi, o ministro da Economia se comporta como capataz de Bolsonaro, revela-se incompetente para exercer a função e usa método maldoso contra uma nação amiga.

Leia também

“Diplomata do desastre, num dia só, Guedes ataca China, critica expectativa de vida do brasileiro e diz que o direito à vida sufoca o Estado, não a pandemia. Copia o chefe genocida com louvor, como um capataz. Não sei o que é pior, sua incompetência ou sua maldade”, disparou a petista.

No começo desta noite, Guedes disse que usou uma “imagem infeliz” e não sabia que a reunião estava sendo gravada. Desesperado, ele chegou a pedir que não mandassem as imagens para o ar. No entanto, já era tarde…

“Usei uma imagem infeliz. Uma coisa que vem de fora e atinge uma economia de mercado como os Estados Unidos. Eu quis dar a importância do setor privado, como ele consegue dar a resposta”, escusou-se o ministro da Economia.

A embaixada da China no Brasil espera [mais um] um pedido de desculpas formal do governo brasileiro.