mane garrincha flamengo palmeiras

Flamengo x Palmeiras hoje às 11h; onde assistir ao vivo e escalações

Daqui a pouco, às 11h, Flamengo e Palmeiras se enfrentam no estádio Mané Garrincha, em Brasília, pela segunda final da história entre os dois clubes de rivalidade ascendente no Brasil.

Antes desta Supercopa do Brasil, as equipes decidiram taça 22 anos atrás, na final da Mercosul de 1999, e o Rubro-Negro levou a melhor. Enquanto o Verdão chegava ao torneio como atual campeão da América, os cariocas tinham elenco mais jovem e haviam acabado de perder seu artilheiro, o lendário baixinho Romário.

“Ele jogou as quartas contra o Independiente (ARG) e depois saiu. Na semi, já não jogou os dois jogos. Foi uma perda muito grande, era nossa referência. Foi artilheiro, mesmo não jogando quatro jogos. Isso serviu para a gente unir ainda mais o grupo, a gente sabia que seria muito mais difícil sem ele. O Palmeiras era o melhor time da América em 99, tinha sido campeão da Libertadores. Muitos jogaram as Copas de 94, 98 e 2002. Éramos um grupo de jovens jogadores com alguns experientes. A gente sabia que tinha que transpirar muito, na qualidade o time deles era melhor. A gente conseguiu incorporar isso naqueles jogos finais e fomos campeões”, lembrou o zagueiro Juan, que, aos 20 anos, anotou o primeiro gol da decisão.

O Rubro-Negro venceu o primeiro duelo por 4 a 3, com gols de Juan, Reinaldo e dois de Caio Ribeiro — hoje comentarista do grupo Globo. O Palmeiras descontou com Júnior Baiano, Asprilla e Paulo Nunes — hoje companheiro de Caio na TV. Aquele Palmeiras ainda contava com nomes como o goleiro Marcos, os laterais Arce e Júnior, os volantes Galeano e César Sampaio e os meias Alex e Zinho.

“De repente, o favoritismo, outros títulos conquistados [nos atrapalharam naquela época]. A gente tinha vantagem por ser o segundo jogo em casa. Isso tudo pode atrapalhar um pouco a concentração, o oba-oba do ‘já ganhou’. Por isso, nem sempre o favorito vai ser campeão. O futebol tem isso, nem sempre o melhor vai vencer. O futebol proporciona as surpresas. O Flamengo é um time de tradição, grande demais, mas naquele momento, o Palmeiras era muito melhor”, citou Zinho, comentarista dos canais ESPN e Fox Sports.

No duelo de volta, o Verdão até saiu na frente, com gol de Arce, mas tomou a virada com gols de Caio e Rodrigo Mendes. O próprio paraguaio deixou tudo igual e Paulo Nunes chegou a virar para o Palmeiras, mas o meia Lê marcou para o Fla e garantiu o título já no fim.

Quem é o favorito na Supercopa do Brasil?

De lá pra cá, muita coisa mudou, e os dois clubes se tornaram potências no futebol brasileiro. Nos últimos anos, ambos vêm conquistando títulos importantes e vendo a rivalidade aumentar cada vez mais. Mas quem é o favorito para o jogo que acontece no estádio Mané Garrincha, em Brasília? Juan e Zinho respondem:

“Não vejo favoritismo para nenhum dos times, é uma decisão em partida única, jogo sempre aberto. Times que vêm duelando nos últimos anos e se tornando rivais a nível nacional. Vai ser um grande jogo, a gente espera fazer o que a gente tem feito nos últimos tempos para fazer de tudo por mais um título para o Flamengo”, opinou Juan, hoje gerente Técnico do Fla.

“Futebol é decisão. Já joguei muitas decisões como essa, mas pelo Flamengo ter um treinamento um pouco mais acelerado há mais tempo, o time estar mais inteiro, aí, tecnicamente, a parte técnica leva uma vantagem maior. Antes do jogo, o Flamengo leva uma certa vantagem”, opinou Zinho, tetracampeão mundial pela seleção brasileira e comentarista dos canais ESPN e Fox Sports.

Flamengo x Palmeiras – onde assistir ao vivo

Flamengo e Palmeiras jogam no estádio Mané Garrincha, em Brasília, em busca da Supercopa. A TV Globo, o SporTV e o ge transmitem ao vivo.

FICHA TÉCNICA FLAMENGO x PALMEIRAS

Competição: Supercopa do Brasil 2021
Data: 11/04/2021 (domingo)
Horário: 11h
Local: estádio Mané Garrincha, em Brasília
Árbitro: Leandro Pedro Vuaden (RS)
Assistentes: Rafael da Silva Alves (RS) e Jorge Eduardo Bernardi (RS)
VAR: Wagner Reway (PB)

FLAMENGO: Diego Alves, Isla, Rodrigo Caio, Willian Arão e Filipe Luís; Diego, Gerson, Everton Ribeiro e Arrascaeta; Bruno Henrique e Gabigol.
Técnico: Rogério Ceni

PALMEIRAS: Weverton; Marcos Rocha, Gustavo Gómez, Luan, Matías Viña; Danilo, Zé Rafael (Felipe Melo) e Raphael Veiga; Rony, Willian (Wesley) e Breno Lopes (Scarpa).
Técnico: Abel Ferreira

Transmissão: TV Globo (narração de Galvão Bueno e comentários de Caio Ribeiro e Júnior), SporTV (narração de Luiz Carlos Jr. e comentários de Ana Thaís Matos, Roque Júnior e PVC) e ge.