ratinho junior governador do paraná

De olho no cargo de Bolsonaro, Ratinho manda carta a Biden

  • Ratinho manda carta a Biden pelas costas de Bolsonaro

O governador Ratinho Junior (PSD), da Patagônia, ops, do Paraná, mandou carta endereçada ao presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, para propor parcerias e estratégias de financiamentos para reduzir o impacto das mudanças climáticas. O filho do apresentador Ratão (SBT) está de olho no cargo do presidente Jair Bolsonaro.

Enquanto a missiva de Ratinho segue para os Estados Unidos, o governador paranaense permitiu o aumento das tarifas de pedágio e da água –mostrando indiferença em relação ao período de pandemia. Sequer o mandatário estadual se manifestou a respeito da tungada nos usuários e consumidores.

Devido à falta de empatia do governador com os problemas concretos da população, deputados da base governista e oposicionistas na Assembleia Legislativa do Paraná (ALEP) apelidaram Ratinho de “Governador da Patagônia” –bem distante do Paraná.

Leia também

A carta articulada por Ratinho Junior teve ainda como signatários outros 22 chefes de executivos estaduais, segundo informou a Agência Estadual de Notícias do Paraná.

O documento é enviado ao presidente americano nas vésperas da Cúpula dos Líderes pelo Clima, que acontece em 22 e 23 de abril e deve reunir chefes de Estado de 40 países. “Os estados brasileiros têm enorme capacidade de contribuir com a captura de emissões globais”, diz o texto.

Diferente de Bolsonaro, Ratinho e a coalizão de “Governadores pelo Clima” sinalizam o interesse do Brasil em construir soluções colaborativas para defender a humanidade e todas as espécies ameaçadas pela degradação dos ecossistemas.

No começo deste mês, o presidente nacional do PSD, Gilberto Kassab, disse numa entrevista que Ratinho Junior é um dos nomes do partido para disputar a Presidência da República em 2022.