roberto requiao

De olho em 2022, Requião defende legado de 3 gestões no governo do Paraná [vídeo]

O ex-senador Roberto Requião (MDB-PR) está aproveitando sua autobiografia dos 80 anos para defender seu legado nas três gestões à frente do governo do Paraná, entre 1991-1994 e 2003-2010.

No sexto episódio da websérie “Requião 80 anos”, o emedebista detalha os programas sociais implantados com sucesso no estado, participações em congressos internacionais, os desafios no Porto de Paranaguá, as incessantes tentativas de acabar com o pedágio, a defesa da Copel e a Sanepar como empresas públicas, a experiência da Escolinha de Governo na TV Paraná Educativa.

Requião articula uma frente programática para voltar governar o Paraná. Após debater e definir propostas visando a recuperação do estado, o ex-senador pode colocar seu nome para a disputa eleitoral de 2022.

“Me chama que eu vou”, insiste Requião, que já tem a simpatia de movimentos popular e partidos de centro-esquerda.

Leia também

Sobre o filme “Requião 80 anos”

O documentário é uma autobiografia produzida pela jornalista Lana Seganfredo em comemoração aos 80 anos de Requião, completados no último dia 5 de março.

Nascido em 1941, Roberto Requião de Mello e Silva é uma personalidade política brasileira, foi deputado estadual no Paraná, prefeito de Curitiba, Governador do Paraná três vezes e Senador duas vezes. É pai do deputado estadual do Paraná Requião Filho.

Lana ainda explica que “Requião 80 Anos” é uma homenagem para comemorar a passagem de seu aniversário e para que as pessoas possam conhecer, a partir do ponto de vista pessoal de Requião, os fatos que marcaram sua vida.

“É um recorte sobre os 80 anos e a trajetória de uma personalidade política, contada por ele mesmo, numa entrevista exclusiva, em oito episódios. São 8 décadas de histórias inesquecíveis, de alguém que tem como seu maior legado, o orgulho e o amor pelo Paraná”, completa a jornalista.

Assista ao episódio nº 6