sergio moro

Após suspeição, Sergio Moro volta a cogitar mudança para os Estados Unidos

O ex-juiz Sergio Moro, após suspeição no STF, cogita pegar sua trouxa de roupas e se mudar definitivamente de Curitiba para os Estados Unidos. É o que disse ao Blog do Esmael um amigo do ex-magistrado da Lava Jato.

O plenário do Supremo Tribunal Federal, nesta quinta-feira (22/4), formou maioria para manter a decisão da 2ª Turma da Corte que declarou a suspeição de Moro para julgar o ex-presidente Lula no caso do tríplex do Guarujá (SP).

Leia também

Com a derrota na corte, as chances políticas do ex-juiz foram reduzidas a pó. Nas pesquisas de opinião, por exemplo, ele aparece entre os últimos. No auge da condenação do ex-presidente, Moro chegou a liderar a corrida presidencial de 2022. Agora, no entanto, a situação se inverteu: é Lula quem lidera.

Não é a primeira vez que vem à baila o desejo de Sergio Moro morar no estrangeiro. No ano passado, a cônjuge do ex-juiz disse a interlocutores que o marido já “deu a contribuição que tinha que dar ao Brasil” e por isso Moro procuraria outro país. A segurança da família também seria mais um motivo para ir embora.

No final de 2020, Sergio Moro foi contratado pela consultoria americana Alvarez and Marsal. A empresa é responsável pela administração judicial da Odebrecht, uma das companhias mais afetadas por decisões do ex-juiz da “lava jato”.