Senador Major Olimpio morre por covid-19

O senador Major Olímpio (PSL-SP) morreu nesta quinta-feira (18) por complicações causadas pela covid-19. Ele tinha 58 anos.

Pela conta oficial do senador no Twitter, a família de Olimpio informou nesta tarde que ele morreu por morte cerebral.

“Com muita dor no coração, comunicamos a morte cerebral do grande pai, irmão e amigo, Senador Major Olimpio. Por lei a família terá que aguardar 12 horas para confirmação do óbito e está verificando quais órgãos serão doados. Obrigado por tudo que fez por nós, pelo nosso Brasil.”

O senador Major Olímpio estava internado desde o início do mês no Hospital São Camilo em São Paulo e teve de ser intubado por dificuldade na respiração. Pelo menos quatro funcionários de seu gabinete também testaram positivo para covid-19. Um de seus assessores permanece em estado grave.

Major Olímpio era policial militar, foi deputado estadual por São Paulo, sendo que em seu segundo mandato foi líder da bancada do PDT na Assembleia Legislativa do estado. Em 2014 elegeu-se deputado federal e em 2018 chegou ao Senado.

Major Olímpio foi a favor do processo de impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff (PT). Durante o governo Temer, votou contra a PEC do Teto dos Gastos Públicos. Em 2017, foi contrário à reforma trabalhista e votou a favor do processo de abertura de investigação de Michel Temer.

Em 2018, ele foi eleito senador na onda do presidente Jair Bolsonaro com quem rompeu um ano depois.

Repercussão da morte de Major Olimpio

“A morte de mais um senador expõe o drama que nosso Brasil vive! Uma tragédia humanitária que agride a vida de todos. Minha solidariedade a sua família, amigos e amigas do senador
Major Olimpio. Descanse em paz! A luta por vacina é o único caminho para salvar vidas. Minha dor!”, declarou o deputado José Guimarães (PT-CE), líder da Minoria na Câmara.

O senador Humberto Costa (PT-PE) disse que recebeu com tristeza a notícia da morte cerebral do senador Major Olímpio. O petista lembrou que o Senado perde o seu terceiro membro para a Covid, um vírus que já ceifou a vida de mais de 285 mil brasileiros em um ano. “Quero apresentar minhas condolências à família, aos amigos e aos eleitores do Major Olímpio.”

O presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG), se limitou a retuitar o post da família de Olimpio.

O presidente Jair Bolsonaro e seus filhos não se manifestaram até às 17h de hoje.

A deputada Joice Hasselmann (PSL-SP), pelo Twitter, escreveu que o Brasil perdeu um homem honrado, com coração de ouro, que nunca dobrou a espinha e que foi injustiçado por ser honesto. “A vida é injusta, mas a morte é ainda mais. Que Deus conforte a família.”

“Minha solidariedade à família e amigos do Senador Major Olímpio. Infelizmente mais uma vítima da Covid-19”, manifestou-se o governador de São Paulo, João Doria (PSDB).