Roberto Requião, 80 anos, deve ser vacinado na segunda-feira, dia 8 de março

O ex-senador Roberto Requião (MDB) completou na sexta-feira, dia 5 de março, seus primeiros 80 anos. Ele disse ao Blog do Esmael que pretende viver mais 80, dos quais 40 anos ainda planeja dedicar à vida pública.

“Me chama que eu vou”, responde quando perguntado sobre a possibilidade de disputar o cargo de governador do Paraná, função que ele já ocupou três vezes (1991-1994 e 2003-2010).

Praticante do distanciamento social há 1 ano, Requião aguarda impacientemente em sua casa, no bairro Bigorrilho, em Curitiba, sua vez de ser vacinado. Pelas projeções das autoridades sanitárias municipais, o emedebista poderá ser vacinado na segunda-feira, dia 8 de março –se houver vacina.

Na quinta-feira (4/3), a imunização foi encerrada para os jovens de 82 anos ou mais. Os mais moços, de 80, já começaram a receber a aplicação.

Ativíssimo nas redes sociais, Roberto Requião não poupa de suas ácidas críticas o presidente Jair Bolsonaro e o governador do Paraná, Ratinho Junior (PSD).

“O avanço das mortes pelo COVID-19 no Brasil é uma vitória do governo Bolsonaro”, frisa em seu tuíte. “Bolsonaro elevou [sic] o país da 6ª economia para a 12ª em apenas dois anos”, afirma sobre o inquilino do Palácio do Planalto.

Acerca de Ratinho Junior, contra quem almeja disputar 2022, o ex-senador disse que seu adversário “não fez quase nada” nesses mais de dois anos de mandato. “A não ser aumentar as tarifas de água e luz e privatizar a internet”, ressalva.

Para o Brasil superar a desgraça chamada “Bolsonaro”, no ano que vem, Requião advoga que a formação de frente ampla depende da sociedade civil. Segundo ele, é preciso um governo de transição que restabeleça a democracia no País.

“A frente ampla é possível e necessária, mas pelas divergências entre os políticos, a melhor solução é uma união criada pela sociedade, movimentos sociais e diversas lideranças. Seria importante, mas há complicações (para juntar os partidos). A frente ampla precisa ser da sociedade civil”, instrui o experiente Requião.

Voltemos aos 80 anos de Requião.

Sem possibilidade de reunir amigos e familiares para comemorar seu aniversário, por causa da pandemia, Roberto Requião frisa que gosta de ganhar e beber vinho.

Para enviar sua garrafa o endereço é Rua Frederico Cantarelli, 220, Bairro Bigorrilho, Curitiba.

Saúde, Requião!

Atualização 07h53 de 05/03/2021