Marco Aurélio x Bolsonaro x Governadores

O ministro Marco Aurélio Mello, do Supremo Tribunal Federal (STF), foi escolhido nesta segunda-feira (22/3) como relator da ação direta de inconstitucionalidade proposta pelo presidente Jair Bolsonaro, que tenta impedir o Distrito Federal e os estados da Bahia e do Rio Grande do Sul de adotarem medidas de isolamento para conter a pandemia de Covid-19.

A tendência é o STF confirmar ainda esta semana a legalidade das ações de combate a doença por estados e municípios, como já registrou mais cedo o Blog do Esmael.

Marco Aurélio foi escolhido como relator da ADI de Bolsonaro contra os governadores porque ele é o juiz “prevento”, isto é, porque já analisa uma ação proposta pelo PTB questionando o lockdown nos estados, fechamento de serviços não essenciais e toque de recolher nos municípios.

Bolsonaro “flerta” com o lockdown

Acuado, o presidente Jair Bolsonaro disse hoje que ele aceita o lockdown por 30 dias. “Se ficar em lockdown 30 dias e acabar com vírus, eu topo”, afirmou ele, durante uma cerimônia no Palácio do Planalto.

“Parece que no mundo todo só no Brasil tá morrendo gente. Lamento o número de mortes. Qualquer morte. Não sabemos onde isso vai acabar. Se vai acabar um dia. […] Se ficar em lockdown 30 dias e acabar com o vírus, eu topo, mas sabemos que não vai acabar”, disse o presidente.

Bolsonaro reclamou ainda que estão lutando contra ele, presidente, não contra o vírus.

“Eu devo mudar o meu discurso? Eu devo me tornar mais maleável? Devo ceder? Fazer igual a grande maioria tá fazendo? Se me convencerem do contrário, faço, mas não me convenceram ainda. Devemos lutar é contra o vírus e não contra o presidente”, discursou.

LEIA TAMBÉM
87% dos prefeitos do Paraná não confiam em Ratinho e Bolsonaro

Deputado bolsonarista defende tratamento precoce após contrair covid; cientistas desaconselham

Centrais sindicais convocam lockdown pela vida na quarta-feira (24)

PT dribla Ratinho Junior e assume articulação da compra de 13 milhões de vacinas no Paraná

Vacina JÁ é urgente