Freixo e Molon combinam dobradinha contra Bolsonaro na Câmara

Os deputados Alessandro Molon (PSB) e Marcelo Freixo (PSOL), ambos do Rio, combinaram que irão ampliar o fogo contra o presidente Jair Bolsonaro no Congresso.

Molon foi reconduzido na semana passada ao posto de líder da Oposição e Freixo assumiu como líder da Minoria.

Nos bastidores, especula-se uma aliança que pode influenciar 2022.

Há tempos Freixo tem demonstrado descontentamento com o PSOL e um dos rumos “naturais” do parlamentar seria o PSB.

A janela da infidelidade será aberta em março do ano que vem. Até lá, muita coisa ainda pode mudar.

“Vamos unificar as pautas. A liderança da Minoria tem uma estrutura na Câmara, a da Oposição não; então vamos nos unir e trabalhar juntos”, despista Freixo.

“Vai ser bom para o Brasil e vai ser muito bom para o Rio”, afirma Molon.

A dupla Molon e Freixo, no Rio, pode formar uma hegemonia da esquerda no Rio e, em 2022, fazer barba, cabelo e bigode.

LEIA TAMBÉM
Ernesto Araújo atira na senadora Kátia Abreu antes de cair do Itamaraty

Notícias ao vivo da Covid: Agnaldo Timóteo continua intubado e estado grave

Requião desafia Malafaia a mostrar exame positivo da Covid-19