Aécio, ainda solto, propõe Ciro como candidato da direita em 2022

O deputado Aécio Neves (PSDB-MG), ainda solto, sugeriu que o ex-ministro Ciro Gomes (PDT) esteja entre as possibilidades da direita em 2022.

Segundo o tucano, o PSDB deve abrir mão de candidatura para construir “centro ampliado” com Ciro. Isto significa dizer que o governador de São Paulo, João Doria, tentaria a reeleição no ano que vem.

“Centro ampliado tem de ter de Ciro a PSDB, MDB, DEM, com o Mandetta, Luciano Huck, o Eduardo Leite e o Rodrigo Pacheco”, disse Aécio, que tenta se reorganizar politicamente após o escândalo envolvendo o grampo de Joesley Batista –dono da JBS.

Nesta sexta-feira (12/3), Aécio foi alçado à presidência da Comissão de Relações Exteriores da Câmara. Ele substitui o deputado Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) no cargo.

Nunca é demais recordar que o Brasil se chafurdou nessa crise bolsonarista após Aécio contestar sua derrota para Dilma Rousseff (PT) em 2014.

Em entrevista à Folha, Aécio Neves disse que não se arrepende pelo questionamento do resultado eleitoral e do movimento pelo impeachment de Dilma.