Trump é alvo de investigação criminal nos EUA enquanto é julgado em impeachment

Compartilhe agora

O ex-presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, vive um verdadeiro inferno depois que deixou a Casa Branca. Além de estar sendo julgado em um processo de impeachment no Senado, o republicano ainda é alvo de uma investigação criminal por fraude eleitoral.

A investigação criminal foi aberta por procuradores do estado da Geórgia. Segundo os agentes da lei, Trump tentou fraudar a eleição no estado.

“Não há nada de errado em dizer, você sabe, hum, que você recalculou”, disse Trump ao secretário de Estado da Geórgia, Brad Raffensperger, acrescentando mais tarde na ligação: “Tudo o que quero fazer é isso. Eu apenas queremos encontrar 11.780 votos, o que é um a mais do que nós. Porque ganhamos no estado.”

“Esta investigação inclui, mas não está limitada a, potenciais violações da lei da Geórgia que proíbe a solicitação de fraude eleitoral, a realização de declarações falsas para órgãos governamentais estaduais e locais, conspiração, extorsão, violação de juramento e qualquer envolvimento em violência ou ameaças relacionadas à administração da eleição”, afirma uma carta promotor democrata Fani Willis.

A investigação ocorre enquanto Trump enfrenta um segundo julgamento de impeachment em Washington nesta semana, sob a acusação de “incitamento à insurreição” por seu papel em incitar a multidão que invadiu o Congresso em 6 de janeiro.