Requião vira “conselheiro” de Ratinho no Paraná

Compartilhe agora

O ex-senador Roberto Requião (MDB-PR) virou uma espécie de “conselheiro” informal do governador Ratinho Junior (PSD) no Paraná. Não que o emedebista tenha aderido ao inquilino do Palácio do Iguaçu. Pelo contrário, como você pode assistir abaixo.

Governador do Paraná três vezes, Requião ironizou Ratinho dando-lhe “conselhos” sobre saúde, segurança pública, agricultura, educação, enfim, como administrar o estado.

Em entrevista à Rádio Tamandaré nesta terça-feira (2), no programa de Luciana Pombo e Helton Vieira, o ex-senador Roberto Requião disse que Ratinho é despreparado para o cargo e criticou as privatizações, sobretudo da Copel (energia e internet) e da Sanepar (água e esgoto).

Segundo Requião, o atual governador Ratinho não tem projeto para o Paraná a não ser fazer negócio para privilegiar os financiadores de campanha. Ele citou o caso do pedágio e do porto de Paranaguá como exemplos.

O ex-senador Roberto Requião está em campanha para retomar o controle do MDB e disputar o governo do Paraná em 2022. Ele descartou na entrevista a hipótese de concorrer à Câmara Federal.

“É isso que eles querem: dar o partido para Ratinho e eu disputando a Câmara. Com um milhão de votos, eu ainda carregaria deputados cinco ou seis deputados para votar contra os interesses nacionais”, disse. “Não vou fazer isso”, assegurou o “Conselheiro Requião”.

Assista ao vídeo: