Protocolada no Senado uma CPI para apurar a omissão de Bolsonaro na Covid-19

O senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP) reuniu 30 assinaturas (três a mais do que o necessário) e protocolou nesta quinta (4) um pedido de abertura de Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Covid-19.

“O objetivo é investigar as falhas, omissões e responsabilidades do governo na condução da crise da pandemia. Foram milhares de mortes, um número que continua aumentando! Os responsáveis devem responder por isso!”, escreveu  Randolfe no Twitter.

“Com o recrudescimento da covid-19 em dezembro de 2020 e janeiro de 2021, as omissões e ações erráticas do governo federal não podem mais passar incólumes ao devido controle do Poder Legislativo”, justificou o senador no pedido.

Assinam o pedido de CPI da Covid-19 no senado parlamentares de PT, PSB, Podemos, PSDB, PDT, PSD, Rede, PSL, Cidadania, PROS e MDB.

Confira a lista dos senadores que apoiam o requerimento:

  • Jean Paul Prates (PT-RN)
  • Alessandro Vieira (Cidadania-SE)
  • Jorge Kajuru (Cidadania-GO)
  • Fabiano Contarato (Rede-ES)
  • Álvaro Dias (Podemos-PR)
  • Mara Gabrilli (PSDB-SP)
  • Plínio Valério (PSDB-AM)
  • Reguffe (Podemos-DF)
  • Leila Barros (PSB-DF)
  • Humberto Costa (PT-PE)
  • Cid Gomes (PDT-CE)
  • Eliziane Gama (Cidadania-MA)
  • Major Olímpio (PSL-SP)
  • Omas Aziz (PSD-AM)
  • Paulo Paim (PT-RS)
  • José Serra (PSDB-SP)
  • Tasso Jereissati (PSDB-CE)
  • Weverton (PDT-MA)
  • Simone Tebet (MDB-MS)
  • Rose de Freitas (MDB-ES)
  • Rogério Carvalho (PT-SE)
  • Renan Calheiros (MDB-AL)
  • Eduardo Braga (MDB-AM)
  • Rodrigo Cunha (PSDB-AL)
  • Lasier Martins (Podemos-RS)
  • Zenaide Maia (PROS-RN)
  • Paulo Rocha (PT-PA)
  • Styvenson (Podemos-RN)
  • Acir Gurgacz (PDT-RO)

Cabe ao presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG), a decisão sobre a instalação da CPI ou não. Durante a tramitação do pedido, assinaturas podem ser retiradas ou acrescentadas.

Com informações do Senado e da Rede Brasil Atual.

Doria tem melhor nota que Bolsonaro em relação às vacinas, diz Paraná Pesquisas