Por 4 votos a 1, STF libera acesso de Lula a mensagens da Operação Spoofing

Por 4 votos a 1, o Supremo Tribunal Federal (STF) rejeitou o agravo da Lava Jato que questionava o acesso do ex-presidente Lula às mensagens apreendidas pela Operação Spoofing.

Votaram favorável ao petista na Segunda Turma os seguintes ministros:

  • Ricardo Lewandowski
  • Nunes Marques
  • Cármen Lúcia
  • Gilmar Mendes

O ministro Edson Fachin foi o único que acompanhou o pedido de procuradores da Lava Jato.

Com a decisão, o petista poderá usar os diálogos entre o ex-juiz Sergio Moro e os procuradores da falecida força-tarefa para sua defesa na Corte.

Após o Carnaval, o ministro Gilmar Mendes pretende pautar o julgamento do habeas corpus de Lula que pede a suspeição de Moro.

Veja como foi o julgamento: