Para ministro do Turismo de Bolsonaro, o Carnaval foi cancelado por vontade de Deus

Compartilhe agora

O ministro do Turismo do governo Bolsonaro, Gilson Machado, fez uma postagem no Twitter sugerindo que o Carnaval de 2021 foi cancelado por vontade de Deus.

Ele compartilhou uma foto de um desfile da escola de samba Gaviões da Fiel, de São Paulo, em 2019 em que aparece um sambista fantasiado de diabo arrastando outro integrante da escola fantasiado de Santo Antão. Ao contrário do que sugere a imagem, o desfile foi em 2019.

Machado escreveu: “Dá pra entender quem manda? Ou tem que DESENHAR?” Depois completou: “Não sou contra o carnaval, sou músico. Sou contra tripudiar e blasfemar o nosso Pai!”

Outro erro na postagem foi Gilson dizer que é músico. Quem viu as patéticas participações dele com sua sanfona nas ‘lives’ de Bolsonaro, sabe do que se trata.

O cancelamento do carnaval de 2021 foi um duro golpe no setor que ele deveria fomentar, o Turismo. A maior festa brasileira que movimenta mais de R$8 bilhões na economia.

Com informações da Carta Capital