O Centrão não é confiável para Bolsonaro, diz general Santos Cruz

Compartilhe agora

O general da reserva Carlos Alberto dos Santos Cruz, ex-ministro Secretaria de Governo, disse à Folha que o Centrão não é confiável para o presidente Jair Bolsonaro.

Segundo a análise do militar, o acordo com o Centrão não é sólido e a aliança com os partidos fisiológicos no Congresso terá vida curta.

Aliás, é bom recordar, foi o Centrão que fulminou a presidenta Dilma Rousseff (PT) no golpe travestido de impeachment em 2016.

Ministro da então presidenta petista deixaram o cargo para votar seu afastamento e, após a confirmação da cassação, viraram expoentes do governo golpista de Michel Temer (MDB).

A base genética do Centrão continua mesma daquele que traiu Dilma, quis avisar o general Santos Cruz. Ou seja, Bolsonaro pode ser apunhalado pelas costas, se vacilar nesses dois anos restantes.

As recentes vaias que Bolsonaro levou no Paraná, ao lado do governador do estado, Ratinho Junior (PSD), corroboram a tese do ex-ministro: o Centrão por si só não segura presidente; se o angu desandar nas ruas, a base fisiológica se movimentará de acordo com a direção de seus eleitores.