Ministros do STF querem investigação de delegada da PF que forjou depoimentos na Lava Jato

Compartilhe agora

Ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) questionaram o ministro da Justiça e Segurança Pública, André Mendonça, sobre a revelação de que a delegada da Polícia Federal (PF) Érika Marena, que coordenou investigações da Lava Jato, lavrou o depoimento de uma testemunha sem que ele tivesse ocorrido de fato. A informação é da jornalista Mônica Bergamo, da Folha de S. Paulo.

André Mendonça, que comanda a PF, afirmou aos ministros do Supremo que vai apurar o caso, segundo Mônica Bergamo.

LEIA TAMBÉM

Conselho de Ética da Câmara retoma atividades nesta terça com casos Flordelis e Daniel Silveira

Bolsonaro e Guedes contra o investimento mínimo em saúde e educação

Auxílio emergencial microscópico de R$ 50 (cinquenta reais) propõe porta-voz de bancos

O modus operandi da delegada Marena foi revelado em diálogos entre os procuradores Deltan Dallagnol e Orlando Martello Júnior.