Romanelli Pedágio Bolsonaro

Guerra do Pedágio: Romanelli será entrevistado às 19h deste domingo

  • Modelo de leilão híbrido de outorga onerosa é prejudicial para o Paraná
  • ALEP ameaça retirar as rodovias paranaenses da concessão ao governo federal.

O Blog do Esmael entrevista às 19 deste domingo (28/02) o deputado Luiz Claudio Romanelli (PSB), da Frente Parlamentar sobre Pedágio, da Assembleia Legislativa do Paraná (ALEP).

Romanelli irá fazer um balanço das audiências públicas realizadas desde o início deste mês, onde a Frente explica que o modelo híbrido proposto pelo governo federal é uma concessão onerosa.

Em suas apresentações nos encontros regionais, Romanelli reforça que o modelo se trata de um risco, já que o desconto está limitado em um valor entre 15 e 20%, o que pode representar no futuro uma tarifa com o valor que pode chegar a 80% dos preços praticados atualmente.

O deputado afirma que as atuais tarifas não podem ser o critério de desconto, já que os valores têm impacto na economia e competitividade do Estado.

Para Romanelli, três critérios deverão ser adotados na nova modelagem de concessão: menor preço, mais obras e em menos tempo.

Segundo o parlamentar, o modelo inclui o chamado degrau tarifário, que representa o aumento da tarifa compulsoriamente em até 40% após a realização das obras e duplicações.

Romanelli frisa ainda que se o governo federal insistir em não fazer a licitação pelo menor preço, a Assembleia Legislativa vai retirar as rodovias paranaenses da concessão.

A entrevista será às 19h deste domingo, ao vivo, e o leitor/espectador poderá participar enviando sua pergunta ou manifestando sua opinião.

Aguarde o início da transmissão [acione o lembrete]