Greve dos caminhoneiros começou com pedido de ‘Fora Bolsonaro’ nas rodovias

Compartilhe agora

O k-suco começou a ferver na manhã desta segunda-feira (1º) com a deflagração da greve dos caminhoneiros em diversas regiões do País. Na Rodovia Castello Branco, em São Paulo, um grupo de motoristas esticaram uma faixa pedindo ‘Fora Bolsonaro‘ durante bloqueio da rodovia.

Há relatos de forte adesão dos caminhoneiros na Bahia, com protestos em Salvador e nas principais cidades do interior (Juazeiro, Vitória da Conquista e Riachão do Jacuípe).

No Rio Grande do Norte, idem, a paralisação conta com participação de vários motoristas.

As principais entidades que convocaram a greve dizem que a tendência é o movimento ganhar forças nos próximos dias. A paralisação é por tempo indeterminado.

Os caminhoneiros em greve reivindicam o fim da indexação dos combustíveis ao dólar e à cotação internacional do petróleo; redução do pedágio; isenção de impostos para insumos de caminhões (pneus, por exemplo); e cumprimento da lei do piso do frete.

O presidente Jair Bolsonaro está à beira de um ataque de nervos com a greve dos caminhoneiros, eleição na Câmara e a possibilidade de abertura do impeachment.