Em nota, PSOL repudia decisão “antidemocrática e autoritária” de Arthur Lira

A bancada de deputados federais do PSOL lançou uma nota nesta terça-feira (2) em que anuncia seu repúdio à atitude “antidemocrática e autoritária” do novo presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL), que anulou a composição do bloco opositor para controlar a Mesa Diretora e todas as principais decisões tomadas pela Casa.

“Com essa manobra antidemocrática, que visa anular a oposição, Lira dá mostras de seu ímpeto autoritário, parcial e truculento na condução da Casa e reafirma seu alinhamento com o Palácio do Planalto”, denunciam os parlamentares do PSOL.

Leia a nota dos deputados do PSOL na íntegra:

A bancada do PSOL na Câmara repudia a atitude antidemocrática e autoritária do deputado Arthur Lira na noite de ontem, após a eleição da presidência da Câmara, ao anular o bloco opositor com o único objetivo de controlar todos os níveis de decisão da Casa, sem espaço para posições divergentes e mudando as regras da eleição no meio do processo para benefício próprio e de seu grupo.

Com essa manobra antidemocrática, que visa anular a oposição, Lira dá mostras de seu ímpeto autoritário, parcial e truculento na condução da Casa e reafirma seu alinhamento com o Palácio do Planalto.

Nós nos somamos ao movimento dos líderes e parlamentares que se posicionam nesse momento contra a truculência de Lira e estaremos juntos nas iniciativas pra barrar esse ataque. Não passará!

02 de fevereiro de 2021
Bancada do PSOL na Câmara dos Deputados