Covidão em igreja evangélica com mais de 2 mil pessoas é fechado em Curitiba

A fiscalização integrada contra a Covid-19 interditou culto em igreja com mais de duas mil pessoas na noite desta quarta-feira (24), em Curitiba. O estabelecimento religioso foi multado em R$ 150 mil.

O culto religioso ocorreria na Igreja Mundial do Reino de Deus, no Batel, bairro nobre na capital paranaense. O local do Covidão evangélico foi interditado por agentes da Ação Integrada de Fiscalização Urbana (Aifu).

Em um momento que Curitiba eleva o alerta para a bandeira laranja, em virtude do avanço da pandemia, o culto evangélico realizava  aglomeração não cumpria o distanciamento social como determinam as autoridades sanitárias.

Ironicamente, a igreja fica em frente a um “inferninho” frequentado pela juventude curitibana –o Shopping Hauer, local de cervejas artesanais, gastronomia e namoro.

A capital paranaense tem 84.597 casos confirmados de Covid-19 e 2.487 pessoas morreram pela doença.

Em todo o Paraná, são 623.385 casos confirmados e 11.271 mortes.