Arilson Chiorato: Quando o amargo é necessário

Compartilhe agora

O presidente estadual do PT do Paraná, deputado Arilson Chiorato, estreia hoje (1º) sua coluna aqui no Blog do Esmael. Como não poderia ser diferente, ele aborda a eleição na Câmara dos Deputados.

Ele destaca que o apoio do PT a Baleia Rossi (MDB-SP) na disputa da Câmara é amargo, porém, assegura ele, é a opção para derrotar Bolsonaro com o impeachment.

“Não podemos continuar reféns da antipolítica, de uma família que se aproveitou e se apropriou do antipetismo construído há décadas e que destila ódio, cria fake news e presta um verdadeiro desserviço à população brasileira e também mundial, com a opção que fez pela política externa e ambiental”, escreve Chiorato, mostrando a que veio.

Leia a íntegra da primeira coluna de de Arilson Chiorato:

Quando o amargo é necessário

Por Arilson Maroldi Chiorato*

Nesta segunda-feira (01/02), viveremos um momento importante para a política nacional. A eleição da mesa da Câmara Federal é a pauta política dos arranjos e estratégias há alguns meses e agora terá seu desfecho. É fundamental termos em mente a importância da independência e autonomia dos Poderes, em qualquer caso, mas principalmente no momento indecoroso e sem precedentes da história do país.

Bolsonaro desde o início ataca os outros Poderes, desrespeita, busca passar por cima e incita seus seguidores a desacatarem as Instituições. É lamentável que o representante maior do país, Chefe de Estado e Governo, trabalhe contra a República. Há quem acredite que o presidente não tenha habilidade política e que seus atos sejam deslizes que o têm colocado em descrédito, porém, penso que a atuação de Bolsonaro é estratégica e que seu objetivo é trabalhar contra o Brasil e os brasileiros e, por isso, chama seus seguidores a odiarem A ou B, qualquer que seja seu obstáculo momentâneo.

Este é o motivo pelo qual considero acertada a decisão do PT em compor com o candidato a presidência da Câmara, Baleia Rossi (MDB). É duro para um petista compor com quem flertou com o golpismo que tentou nos destruir e destruir o nosso projeto popular que permitia aos brasileiros sonharem com uma vida melhor. Mas também é duro ver que o irresponsável que vive no Planalto pode ampliar, sem dificuldades, seus planos entreguistas e sem qualquer responsabilidade ou compromisso com o povo pobre que têm sofrido com o aprofundamento da desigualdade social.

Não acredito que Baleia Rossi seja a melhor opção, mas que é a opção que temos para derrotar Bolsonaro. Este é nosso objetivo, encontrar luz no fim do túnel, onde seja possível o diálogo e o debate de ideias, apesar das visões contrárias, onde haja respeito às opiniões e Instituições. Não podemos continuar reféns da antipolítica, de uma família que se aproveitou e se apropriou do antipetismo construído há décadas e que destila ódio, cria fake news e presta um verdadeiro desserviço à população brasileira e também mundial, com a opção que fez pela política externa e ambiental.

O Brasil precisa de fôlego para poder avançar. Ao firmar este compromisso com a chapa opositora ao Planalto, o PT e os outros partidos de esquerda e centro-esquerda que compõem a chapa, colocaram condições para o apoio. Questões que são urgentes e fundamentais para diminuir o sofrimento do povo brasileiro, sendo elas:

 

  • o acesso universal à vacina;
  • a renda emergencial e/ou a ampliação do Bolsa Família;
  • a geração de emprego e o fim do arrocho salarial;
  • a segurança alimentar, com apoio à agricultura familiar e assentamentos da Reforma Agrária, garantindo comida barata ao povo;
  • tributos sobre a renda dos mais ricos;
  • defesa dos direitos das classes trabalhadoras, com liberdade para organização e modernização de entidades sindicais.

Para além destes compromissos, não podemos perder de vista o urgente movimento pelo Impeachment. As redes precisam ser ocupadas, e com a vacinação ampla, as ruas também devem ser ocupadas. O Brasil não aguenta mais Bolsonaro, o estrago feito por essa família é irreparável, vamos sofrer por anos com as medidas adotadas pelo Governo Federal. A conscientização é importante, a mobilização é fundamental e a eleição de Baleia Rossi, apesar de amarga, é necessária.

*Arilson Maroldi Chiorato é Deputado Estadual, Presidente do PT – Paraná e Mestre em Gestão Urbana pela PUC-PR.