Tóquio e províncias vizinhas pedem que governo declare novo estado de emergência para conter a Covid-19

Compartilhe agora

Os governadores de Tóquio e três províncias vizinhas pediram ao governo central que declare novamente estado de emergência para a região. Eles têm defendido uma resposta mais urgente contra o rápido aumento nos casos de infecções pelo coronavírus.

A governadora da capital japonesa, Koike Yuriko, encontrou-se com o ministro encarregado das ações contra o coronavírus, Nishimura Yasutoshi, no sábado. Participaram também os governadores de Saitama, Chiba e Kanagawa.

Segundo Koike, eles solicitaram ao governo central que declare estado de emergência. “Diante do número de pessoas que têm testado positivo e a situação atual do sistema de assistência médica, nós fizemos o pedido pois é necessário reduzir imediatamente a movimentação de pessoas”, afirmou ela.

Nishimura confirmou ter discutido “a gravidade da situação na região metropolitana” com os governadores. Segundo ele, “o governo deve tomar a situação de maneira séria e considerar se é necessário declarar estado de emergência”.

Ele também pediu aos governadores que solicitem a restaurantes que fechem às 20h e parem de servir bebidas alcoólicas antes das 19h. Requereu ainda que a população deixe de sair de casa após as 20h, a não ser que seja extremamente necessário.

As informações são da NHK, emissora de rádio e TV pública do Japão.